sexta-feira, abril 16, 2010

Na Balança...


Ahhhhh............

Estou tão decepcionada.................

Se fosse há cinco anos, eu não estaria aqui, escrevendo, e trabalhando isso sozinha, mas já teria pulado no pescoço da criatura, para ela lamber sabão e engolir tudo o que andou inventando ao meu respeito....

Estou mudando.... Só não sei se isso é bom ou ruim....

11 comentários:

Albuq disse...

Oi Labelle!

Bem, acredito que mudar diante de determinadas situações é essencial, mas, tem que ser uma mudança que te traga um bem, nem que seja um bem que você nem aceite, mas, admita que é o ideal prá você.

Mudar, prá mim é sempre algo muito difícil, porque temos que abandonar hábitos ou coisas que a tanto nos era inerente, mas, mudar é sempre abrir janelas, janelas que muitas vezes trazem "luz".

Boa sorte na mudança, que ela te traga muita luz e sabedoria!

bjs,

Wolf34 disse...

As mudanças são necessárias na vida, refletindo as adaptações naturais que temos que passar, quer psicológica ou biológicamente. Torço para que essas mudanças sejam para o seu bem, e no final, sei que vc irá tirar qualquer situação de letra.

Bjs do seu amigo Lobo.

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ® disse...

Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos e morremos sozinhos. Somente através do amor e das amizades é que podemos criar a ilusão, durante um momento, de que não estamos sozinhos.

Orson Welles

NiNah disse...

Ai, caracas...
Qualquer coisa estou você sabe onde.
Bjo

Maria Valéria disse...

amiga,fica triste não... já inventaram muita coisa a meu respeito tben... ligue o botão do F*** e seja feliz!!!( ser feliz é a melhor vingnça pra esse tipo de criatura, pode crer...) beijão

Labelle® Paz disse...

Ai gente..........
Mas e quando a gente não tem como se defender porque já passou tempo demais e você foi a única pamonha que não sabia de nada [a última a saber]?

Deixo as coisas como estão e um belo dia a máscara da dita cuja cairá? Ou, resolvo isso tudo logo para não deixar passar mais tempo??

Ai ai ai......

Maria Valéria disse...

Amiga, eu tenho uma víbora dessas que pssou pela minha vida há 1 ano tras.Não pude dizer na cara dela o que eu acho que ela merecia, pq trabalhavamos juntas, e podia ensejar uma demissão minha por justa causa...kkkkkk...tbem detesto ter engolido sapo sem devolve-lo e sei como vc se sente... o tempo passou, e ainda tenho vontade de jogar na cara dela aquilo que queria... comepensa? não sei, estou em Campinas, feliz da vida, e a criatura tá lá em sp, vou viajar a perder tempo com isso? naõ acho boa ideia... como diz minha mãe, o maior castigo pra ela é ser quem ela é e sofrer as consequencias negativas das ações dela... e a melhor vingança com esse tipo de gente é viver sua vida feliz e não remoer o que a criatura te fez no passado... sei que é dificil( e como sei), mas do que já vivi e vi por aí, acaba sendo a melhor opção... espero ter te ajudado... estamos aí pro que precisar :)

Labelle® Paz disse...

Pois então...... A 'cobra' era minha super amiga de faculdade, frequentava minha casa, os maridos jogavam bola juntos, e trabalhamos juntas um certo período.... Saí porque me mudei de cidade, e quando voltei, fiquei sabendo que ela inventou [sim, não só falou, como inventou] um monte de barbaridades a meu respeito NO TRABALHO e para os amigos em comum.

A vontade de tirar satisfação ainda não passou, mas penso e repenso que nada vai ser alterado mesmo que eu tome uma atitude como essa..... Tudo o que eu confiava nela já foi pelo ralo e perdi o contato com toda a 'turminha' que trabalhava conosco.... Pessoas.... Pessoas....

Maria Valéria disse...

então, a " cobra" que citei trebalhava comigo, era minha " amiga", confidente(!!!), e ainda testemunhou uma barbaridade contra mim sem ter aberto a boca pra me defender...( e ainda quis se justificar comigo depois)...( parte dessa historia ta contada no meu blog)... mandei pros quintos( com classe, pq estava no trabalho e não podia falar nada pesado senão podia levar uma demissão com justa causa...) na verdade só disse que não queria mais a amizade dela. sei bem como vc se sente, pois a vontade é de mandar pra %$%$%¨( censurado) e dizer td tipo de brbaridades. a questão é,( no seu caso) quem era mesmo seu amigo não acreditou no que ela inventou sobre vc, ne? acho que não... se acreditou, é pq naõ mreceia sua confiança nem sua amizade...
se faz tanto tempo assim, acredito que vc não deveria falar com ela. alias, se vc tirar satisfação, vai ser bem capaz de ela negar" quem??? eu??? inventar coisas de vc???"... e aí, vc vai dizer o que???
então, amiga não sei se compensa mesmo... o lance é ligar o botão do F*** e viver seu presente( que parece estar bom, agora)... claro, estou vendo " de fora" a situação, espero que vc fique bem e que resolva isso dentro de vc, internamente, seja falando com a " cobra" ou não falando. o importante é que vc fique bem!!
beijão ;)

Luciana disse...

Labelle, gente assim não tem que ter raiva, tem que ter DISTÂNCIA!
Já inventaram tanta coisa sobre mim que metade eu nem tou sabendo!
E sinceramente, me sinto muito melhor longe dessas pessoas!
Não suja suas lindas mãozinhas no pescoço imundo dessa criatura não...
beijos

Labelle® Paz disse...

Ai gente... Obrigada mesmo! Tem alguns momentos em que a gente perde um pouco a noção do que merece ou não a nossa atenção.

Estou melhor, mas a minha cabeça continua a 1000/h pensando no que essa mocinha aprontou pra mim. Enxaqueca!