sábado, janeiro 19, 2008

Um dia eu aprendo...


Aprendi a ler com 3 anos de idade. Uns chamam meus pais de loucos e outros acham engraçado, mas claro, que a curiosidade foi minha e aconteceu. Simples assim. Desde então, eu ficava muito mais contente quando ganhava um livro do que quando chegavam com uma boneca ou algo relacionado.

Na adolescência li um livro que trazia muitas mensagens nas entrelinhas e que de certa forma, me fez pensar [e muito] nas palavras que eu estava lendo. Claro, que com 15 anos, minha visão era bem diferente do que a que eu tenho agora [diferente, isso não quer dizer que mais adequada] e nesse final de semana, quando reli o tal livro, coloquei uma certa ordem na desordem que estava dentro da minha cabeça.

Uma das máximas que li dizia: "Ninguém é seu amigo ou inimigo. Os outros são apenas seus instrutores".

Foi ali na ferida! Eu estava BEM magoada com uma criatura que conviveu comigo por anos e esteve presente nos momentos mais especiais da minha vida [e eu da dela]. Estava magoada porque ontem, saí com uns amigos e o papo foi levantado na mesa do bar... "Belle, e fulana? Por quê vocês brigaram?"

Caramba!!!!!!!!! Eu não briguei com ninguém... Me senti uma idiota por procurar a dita-cuja há meses e sequer ser atendida por ela. As fichas começaram a cair e me senti o pior ser do planeta.

Não conseguia acreditar que uma amizade de tantos anos, e uma amizade tão sincera [eu achava que era] acabaria do nada e sem aviso prévio. A trouxa aqui, achava que era apenas um problema de agendas e de horários o motivo de não conseguirmos nos falar mais. Que coisa... Fiquei pasma. Fiquei triste. Fiquei 'assim, assim'.

Tentei revirar todas as coisas que eu podia lembrar e que pudessem ter acontecido para a amizade acabar assim, do nada, mas não consegui achar respostas. Que fragilidade! Não achei motivos [nem os mais idiotas existiram] e o que mais me chateou foi o fato de que a fofoca entre todos do nosso grupo estava ali, rolando na minha cara, e eu sequer tinha percebido.

Só fiquei ciente, porque uma terceira pessoa me deu um toque. Tipo: "Belle.. Dá um 'time' e deixa essa amizade para lá porque fulana está espalhando para quem quiser ouvir, que você é isso, aquilo e mais um pouquinho...".

Bingo! Conseguiram me magoar. Já fui muito mais desencanada com essas pessoas que querem nos ver lá embaixo, mas mexeu comigo por tudo o que eu tinha de consideração pela criatura.

Enfim...........

Pensando na tal máxima árabe que li no livro do final de semana, acordei! Acordei mesmo! Sempre que alguém me causa algum tipo de dor eu agora me pergunto: que lição devo tirar dessa situação? [sempre mesmo!].

A vida é mais fascinante [pelo menos para mim] quando conseguimos manter uma atitude receptiva. Tudo e todos podem nos servir de lição. Seja ela boa ou má.

4 comentários:

Isabella disse...

Menina, sabe q o mesmo se passou comigo? A criatura começou a me insultar por email só porque eu discordei dela. Como se numa amizade vc fosse obrigada a concordar 100% com os amigos... Enfim, da noite pro dia deixou de falar comigo. Se fala mal pelas costas não sei (e nem quero saber). Isso depois de eu ter passado pra ele 4 acixas cheias de roupinhas pro bebê que ela tinha tido.
Enfim, acho que tem hora que temos que aprender q algumas pessoas não merecem mesmo nossa consideração, sabia?
Confesso que fiquei um pouco encafifada mas sei q a perda foi dela porque a decisão foi dela.

bjs querida

Labelle® disse...

Bella!

Nem te conto...

A dita-cuja, também teve um bebê agora [está com 2 meses] e eu fiquei medindo todas as minhas palavras enquanto ela estava grávida, para que ela não ficasse mais sensível caso eu fosse grosseira lá no trabalho...

Me ferrei! Porque fiz roupinhas de bebê para ela, dei muitas fraldas para ajudá-la e só "tomei"... O que dói é fazer parte do mesmo grupo de amigos e ficar aquele clima do "se ela for, eu não vou" [ela nunca mais freqüentou nenhum local em que eu vou e só aparece quando tem certeza de que eu não chegarei].

disse...

Belle, que coisa chata essa, heim?
Sabe tem horas que penso que a amizade de homens é melhor por isso. Não tem essa coisa de fofoquinha e intriguinha...
Apesar que quando homem faz fofoca sai de baixo. rs

Nem sei o que te falar amiga...

Beijos!!!

Anônimo disse...

Oiee hj aconteceu um coisa bem parecida com isso.
ainda não descobri os verdadeiros motivos..
mais no meu caso alguem falou alguma coisa que ainda não descobrir pra essa amiga minha e por causa disso ela nem quer falar comigooo...
me sinto traida pois como ela deixou que uma pessoa colocasse na cabeça dela mentiras.. ou melhor que acredito ser.. e nem ao memso confiou em mim pra tirar essa historia a limpo... como pode acreditar no que falam me conhecendo de jeito que conhece..
não consigo entender as atitudes..
sinto pela perda de nossa amizade.. depois desse abalo não acredito que va ser a mesma coisa..
mais quem sabe um dia saberemos o que aconteceu de verdade. bj e desculpe pelos desabafo.