domingo, março 07, 2010

Pane no Sistema..

Nossa vida anda tão corrida, com tantas tarefas a serem cumpridas diariamente, que às vezes o sistema geral dá pane. Seja imunologicamente, psicologicamente, emocionalmente, fisicamente... tudo para de funcionar como funcionava aos 20 anos, e nosso corpo grita, pedindo socorro.

Nada de se lembrar daquela consulta médica marcada com três meses de antecedência ou daquele jantar com o velho amigo que não encontramos há dias. Por isso, quando se trata de organizar o tempo, toda ajuda é bem vinda.

No meu caso, funcionou pendurar uma lousa-relógio no escritório, onde escrevo todos os meus compromissos dos próximos três dias. À medida que passam, são apagados, e abrem espaço para o outro dia... Perfeito! Funciona [posso garantir].

Ganhei essa lousa do meu irmão mais velho, que encomendou num site assim que viu. Por um lado fiquei super lisongeada, mas por outro, me senti A estressada. Pior é que eu sequer posso reclamar: a minha realidade atual é essa - fazer o quê? Desestressar, ok.

Se essa ajuda for criativa e engraçada como a ilustração ao lado [maçã], melhor ainda. Tudo parece mais leve, e mais fácil de encarar.

Basta aproveitar a brincadeira para lembrar daquelas coisas que, na lista de prioridades diárias, acabam sempre ficando para depois - isso quando não são deixadas de lado completamente.

Se for tão difícil desligar da rotina, que tal instituir a hora de relaxar ouvindo as músicas preferidas no ipod, a hora de se espreguiçar, de tomar um capuccino, de bater papo com alguém que a gente gosta?

Ah, e antes que eu me esqueça: agende um horário também para fazer nada, para ficar vendo o tempo passar lento, sem urgência nem ansiedade. Eu precisei pisar no freio para desacelerar, e uma das sugestões recomendadas foi a Yoga. Começarei amanhã, e talvez daqui a um tempo eu possa dividir com vocês a nova experiência. Esses segundos que transcorrerão com uma certa manha são essenciais para fazermos as pazes com o relógio - para sempre!

3 comentários:

Albuq disse...

É verdade Labelle hoje temos coisas demais prá fazer, e se a gente não agenda literalmente acaba não dando prá fazer muita coisa!
Legal o post!
bjs

Wolf34 disse...

Sabe, olhando para esse texto, me lembrei de uma música de Chico Science, que diz mais ou menos assim:"Que eu me organizando posso me organizar, e que me organizando posso me desorganizar"

Beijão

Maiara. Com i! disse...

Recomendo um baby.
A gente é obrigada a entrar no ritmo dele(a) e ver que nem tudo o que é prioridade (ou pensamos ser) é tão urgente assim.
Fora que as prioridades nos impedem de viver a gente fica só vendo a vida passar.

Meu nome era Stress.
Hoje eu assino Maiara. Cansadíssima, exausta, aliás.
Mas agora sim, Maiara.