quinta-feira, setembro 27, 2007

Para uma vida inteira!

Ele fez parte da vida dela por muitos anos. Amizade colorida para ela. Amor de uma vida para ele. Decepção. Línguas diferentes.

Ele decidiu desaparecer e recomeçar sua vida sozinho. Ela seguiu em frente sem olhar muito para trás, até perceber que magoou uma das pessoas mais importantes que já teve ao seu lado.

Se reencontraram anos depois por acaso. No início, um certo receio de que aquela menina por quem ele se apaixonara não existisse mais. Se reaproximou com cautela, até decidir finalmente, encontrá-la. Ela, por sua vez, estava certa de que resgataria aquela amizade. Precisava tê-lo ao seu lado novamente - sem qualquer conotação sexual.

Marcaram um encontro. Ela não levou a sério, porque ele não parecia certo de querer encontrá-la no momento. Mas se surpreendeu quando a campainha tocou. Ele estava lá, em frente ao portão, esperando a menina que partiu seu coração anos atrás.

Passaram horas conversando assuntos intermináveis e em alguns momentos, era notória a admiração que um sentia pelo outro. Qualquer pessoa que passasse por eles perceberia. Todos percebiam. Estavam felizes, gargalhando como crianças. Foi assim a noite toda.

Naquele momento, os problemas pareciam não existir. Os perigos definitivamente também não existiam e o que pudesse acontecer ao redor, não atrapalharia nem interromperia aquela conversa. Foi leve. Marcante. Inesquecível.

Ele agora fará parte da vida dela como o anjo da guarda que tirou férias por um certo tempo e voltou. Ela por sua vez, fará parte da vida dele como a mulher admirável que é e que o fez crescer da forma mais dolorida possível. Continuam se amando muito, mas hoje, falam a mesma língua.

4 comentários:

Beth Blue disse...

Que linda esta estória de encontros e desencontros (me identifiquei muito)...

E sim: no amor o importante (pra não dizer fundamental) é falar a mesma língua!

Sorriso® disse...

Ai que lindo!
Até suspirei!
Bom dia minha querida.
Beijos,
Carla.

FELICIDADEetrist... disse...

Ah, Belle, voltei aqui no dia certo... Adorei, viu???
É, a vida é feita de encontros e desencontros... E há encontros que podem se repetir por toda uma vida... Hmmm... Delícia viver...
Adorei o texto! Parabéns, querida!
Beijos!!!!!
Lu

Eu penso que... disse...

Oi amiga.
Você mandou muito bem neste post de hoje.
Que estória mais linda...
Adorei.
Bjs