terça-feira, setembro 04, 2007

Por Ele...

Não sei se é regra ou algo que valha, mas dizem que as primogênitas normalmente são apaixonadas pelo pai e vice-versa. Na minha família isso procede.

A minha ligação com meu pai não tem explicação...

Somos grudados, somos cúmplices, somos parceiros, somos geniosos, somos cuidadosos, somos completamente opostos, discutimos por isso, discutimos por aquilo, somos ciumentos, somos possessivos, e acima de tudo somos amigos.

Por ele eu faço coisas que jamais pensei que faria. Por ele eu abro mão de coisas que jamais pensei que abriria. Pai, te amo muito! Hoje é o seu dia, e tenho certeza de que será um dia muito feliz!

3 comentários:

carla disse...

Ai Ju!
Vc me emocionou. rs
Também tenho uma ligação enorme com o meu pai. Vejo a pequena indo pelo mesmo caminho.
bjssss,
Carla.

Vânia Lúcia disse...

Aqui em casa é mais ou menos assim!!!
Gosto muito do meu pai, discordamos em 99,9% das coisas.
Se minha mãe estiver envolvida, aí que discordamos mesmo!!! rsrsrs
Em compensação Valéria, que é a mais nova, idolatra meu pai!
Concorda com tudo que ele fala, fica sempre do lado dele, mesmo ele estando errado!

Eu penso que... disse...

Também fui uma filha super agarrada ao meu pai... e sinto a maior falta dele!
Parabéns ao seu.
Bjks