sexta-feira, maio 04, 2007

Papo Mulherzinha...

Decidi começar!

Uma mulher de trinta anos em algum momento começa a questionar a necessidade real de cuidar da pele do rosto, do corpo, além da cabeça e do coração, basicamente.

Só que da nossa carcaça a gente acaba esquecendo quando as prioridades são outras e a minha não foi diferente. Engordei muito quando parei o ballet, meu rosto teve as sardas triplicadas em alguns anos, as rugas de expressão começaram a gritar e a me incomodar de certa forma.

Fui à uma clínica dermatológica conceituadíssima e tenho certeza de que foi uma das melhores decisões que eu poderia ter tomado nos últimos dias. Todas as semanas eu voltarei religiosamente à clínica, e a maior dificuldade para mim, será manter a disciplina (que eu desaprendi a ter quando parei de dançar profissionalmente).

Semanalmente virei aqui para deixar registrada a minha experiência nesse novo mundinho: O dos cosméticos e procedimentos básicos para cuidar do meu rostinho e do meu corpitcho. Amei!

Um comentário:

Vânia Lúcia disse...

Eu comecei a cuidar das ruguinhas há mais ou menos um ano e meio, pouco depois de completar 30.
Não me arrependo de jeito nenhum!!!
Minha pele está muito mais bonita, minhas olheiras diminuíram consideravelmente e fora o ânimo que dá se olhar no espelho e ver uma pele bonita e cuidada!
quanto ao corpitcho, esse ainda merece muitos cuidados, malhação (que odeio) e um regimão!
Eu consigo!!!
Mas gorda ou magra eu tenho que estar maravilhosa, maquiada, cheirosa, bem vestida e isso consigo fazer!! hehehe
Na outra encarnação quero ser homem!!! Ser mulher dá muito trabalho!!!