quarta-feira, agosto 08, 2007

SMAM - Semana Mundial de Aleitamento Materno...

Talvez muitos desconheçam, mas a SMAM é a Semana Mundial de Aleitamento Materno. Começou no dia 1º de Agosto e termina hoje.

Todos os anos um tema é escolhido e divulgado mundialmente. Esse ano o tema escolhido é a amamentação na primeira hora, e o slogan adotado aqui no Brasil é: "Amamentação na primeira hora, Proteção sem demora".

Essa campanha está sendo divulgada através de todos os meios de comunicação, promovida pelo Ministério da Saúde e apoiada pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

O cartaz da campanha traz uma fotografia do casal de atores Vanessa Goés e Thiago Lacerda com o filho recém-nascido mamando. Essa é a primeira foto do bebê divulgada na imprensa e os atores não cobraram cachê - tudo em favor da divulgação da amamentação.

Através do blog da Denise, fiquei ciente da campanha de blogagem coletiva para divulgação da Semana Mundial de Amamentação. Na correria desses últimos dias, acabei esquecendo de postar a minha contribuição.

Mesmo não tendo filhos ainda e ciente de que adiarei por mais um ano a minha "encomenda à dona Cegonha", decidi participar porque acredito. Como hoje é o último dia, deixo aqui a minha contribuição. Segue um texto interessante que encontrei sobre o tema:

POSTURA COMPROMETIDA

Aleitamento materno evita problemas futuros

O aleitamento materno é a prevenção básica para as disfunções estruturais em quem respira pela boca. Quando o bebê suga o peito da mãe já trabalha para que a mandíbula fique bem posicionada, o que se reflete até na estruturação da coluna vertebral. "No ato de sucção do leite materno a respiração é feita corretamente pelo nariz, havendo vedamento labial e tônus muscular adequado, permitindo o bom posicionamento da cabeça e coluna cervical, bem como o mecanismo da ATM", explica a fisioterapeuta Cláudia Nadir de Andrade Medeiros, do Projeto Respire Bem e Viva Melhor.

Segundo ela, na infância a criança pode alterar o padrão respiratório, desenvolvendo a Síndrome do Respirador Bucal (SRB). Isso acontece por diversos fatores, a exemplo das alterações morfológicas (desvio de septo, hipertrofia da adenóide e amígdalas), assim como os decorrentes de maus hábitos (morder tampa da caneta, chupar o dedo, e o vício de manter a boca aberta). Quando instalada desde a infância, a SRB causa graves transtornos à saúde, levando a alterações morfológicas irreversíveis na fase adulta, quando há disfunções musculares e perda do alinhamento postural.

A postura típica do respirador bucal é a cabeça para frente e inclinada para baixo, apresentando uma hiperlordose cervical ou retificação da coluna cervical. Também ombros curvados com aparência de tórax deprimido (levando os braços para frente), assim como escápulas aladas como decorrência da postura dos ombros. O abdômen é protuso e flácido devido a ingestão de ar. O desequilíbrio da coluna vertebral deixa o bumbum arrebitado pela hiperlordose lombar. O indivíduo com este perfil costuma apresentar hiper-extensão dos joelhos, pernas afastadas e abertas, assim como pés planos para manter o equilíbrio.

A fisioterapia atua no sentido de melhorar a qualidade de vida desses pacientes ao reequilibrar seu sistema músculo-esquelético. Também previne as deformidades do tórax e alterações da coluna vertebral, aumentar sua capacidade ventilatória, reeducando e conscientizando sobre a atividade respiratória diafragmática e a postura. O tratamento inicial consiste em ensinar o paciente a respirar corretamente, conhecendo sua própria respiração. O objetivo é fazer com que ele posicione seu corpo corretamente mantendo em harmonia sua postura e eixo corporal.

O projeto conta com as seguintes especialistas: Claúdia Medeiros (fisioterapeuta); Fátima Moura (dentista); Valéria Góes (pneumologista); Cristina Montenegro (fonoaudióloga).

Notícia publicada no Diário do Nordeste de 5 de setembro de 2004.


Outras informações pertinentes nos sites abaixo:

World Breastfeeding Week
Aleitamento.com
Fundação Oswaldo Cruz
Portal da Saúde

3 comentários:

luma disse...

E respitar é ato natural tanto quanto amamentar!! Apesar de ainda não ter passado pela experiência, é maduro de sua parte procurar saber sobre o assunto. Beijus

Samantha Shiraishi disse...

Estou visitando as participantes da blogagem coletiva da Denise, da qual também orgulhosamente participei.
É muito bonito da sua parte se envolver mesmo não sendo mãe e numa fase em que planeja ser no futuro. Parabéns e tudo de bom.

Sorriso® disse...

Sobre isto eu posso dar minha opnião.
É um momento único e divino.
Sabe nunca pensei que eu seria tão importante para alguém.
Aconteceu amiga!
Espero que você tenha este oportunidade logo.
Bjks,
Carla.