terça-feira, abril 24, 2007

Mentiras Sinceras te Interessam?


Sabe... Não é difícil lidar comigo. Sou uma pessoa transparente, expresso o que eu sinto sem receio, não levo o menor jeito para ser atriz (apesar de ser fascinada pela criação de personagens, jamais consegui interpretá-las) e também não costumo sequer me mascarar - isso porque prezo demais relacionamentos duradouros, principalmente porque eles englobam amizade e confiança, e uma máscara não pode ser usada por muito tempo, isso é fato.

Só que há algo que torna a convivência comigo extremamente complicada (quase sempre impossível e impraticável) - a mentira. Meus pais sempre me disseram que quem mente tem três trabalhos: o de mentir, o de tentar sustentar a mentira e, depois, o de ter que contar a verdade. É exatamente assim.

Sou uma pessoa fácil de lidar ( de certa forma) porque eu me mostro e as pessoas logo descobrem se gostam de mim ou não. Isso é fato. E não existe meio-termo nesse caso, já que eu prefiro que não me suportem ao invés de deixá-las com a dúvida. Uma mentira, por menor que seja, pode quebrar todo o encantamento. Dizem por aí que os fins justificam os meios, mas isso definitivamente não cabe no meu modo de pensar. As mentiras sinceras não me interessam nem nunca interessaram. Talvez por isso me decepcionei com algumas pessoas que eu considerava.

Mas o que realmente me tira do sério é alguém subestimar a minha inteligência. Eu hein!

Eu descubro a mentira... A pessoa além de não assumir ainda faz questão de aumentá-la... Para completar, acha que conseguiu me fazer acreditar. Como eu reajo? Nossa, isso é relativo, porque depende da importância que o mentiroso ( em questão) tem para mim.

Nesse exato momento por exemplo, ainda tenho esperança de que a pessoa se dê conta, que uso muito mais do meu sarcasmo, do que da minha ignorância. E não, não sou boba, apesar de às vezes parecer. Porém, como meu humor não é lá muito estável, seria bom que essa pessoa me dissesse a verdade enquanto é tempo. Simples assim.

4 comentários:

FELICIDADEetristeza... disse...

Oi, bom dia! Conheço vc do blog da Tita, hj vim te visitar e... gostei!!! parabéns pelos textos!!
Mentira? Detesto também!!! E, mais ainda, quando pensam que sou uma idiotaburratonta completa que não vou perceber!!! Afe! Boa sorte nisso e que as coisas se resolvam!!
Bjs!

Fabiana disse...

Cada vez me identifico mais com você. rs...

Fabiana disse...

Cada vez me identifico mais com você. rs...

Vânia Lúcia disse...

não pode haver sinceridade na mentira!

e mentiroso que subestima às pessoas, pior ainda!!

às máscaras caem, cedo ou tarde!

SEMPRE!!!!!